quinta-feira, 15 de Setembro de 2011

Magret com Pêssego ao Rum

Este magret é suculento, com ligeiros sabores adocicados, ideal para um jantar de convívio, acompanhado por um bom vinho tinto.





Ingredientes:

  • 2 magret (peito de pato) com 250g aprox.
  • 2 pêssegos
  • 1 cálice de rum
  • 1 dente de alho
  • Alecrim q.b.
  • Tomilho q.b.
  • 1 colher (sopa) de manteiga
  • Sal q.b.
  • Canela q.b., uma pequenina pitada
  • Noz Moscada q.b., uma pequenina pitada


Preparação:

Prepare os peitos de pato - retire qualquer pena que possam ter, lave bem e seque-os.
Dê cortes na pele, na diagonal, e depois repita os cortes no sentido oposto, obtendo pequenos losângulos na pele.
Leve ao lume uma frigideira anti aderente e, quando esta estiver bem quente, coloque os peitos de pato com a pele virada para baixo. Deixe-os fritar, escorrendo a gordura que se forma pelo derretimento da pele com frequência.
Quando a pele estiver bem dourada vire-os e deixe-os tostar no outro lado. Retire-os quando estiverem tostados, tempere-os com sal, coloque-os num tabuleiro de forno, cubra com papel de alumínio e leve ao forno durante 30 minutos aproximadamente. A carne do pato quer-se levemente rosada, com algum sangue, caso contrário ficará seca e insípida.

Entretanto prepare o molho.
Na mesma frigideira onde corou o pato, coloque a manteiga e o alho picado finamente.
Deixe alourar, sem queimar a manteiga. Junte os pêssegos em oitavos, tempere-os com as especiarias e ervas aromáticas e junte o rum. Incline a frigideira para que a chama encoste ao líquido - irá flamejar os pêssegos, extinguindo o álcool também.
Deixe-os cozinhar ligeiramente e retire do lume.

Sirva o magret fatiado, acompanhado pelos pêssegos. Regue com o molho.

Nota: Pode acompanhar o magret com um risotto bem cremoso, como um risotto de queijo, por exemplo.



17 apreciações:

Olá

Não consigo comer pato mas gosto da conjugação de sabores :)

Beijinhos

Vânia, essa refeição é muito requintada... divinal.
Gosto de arroz de pato, mas ainda não me aventurei a cozinhá-lo de forma diferente por causa d seu sabor intenso.
Parabens adorei essa receita e fiquei com muita vontade de experimentar.

Beijinhos

As fotos estão divinais e o prato deve estar ainda mais. Bjs

Deixei de comer pato, não porque não goste mas porque apareceu-me o Luísinho cá a casa e não quero ferir os sentimentos do bicho ha ha No entanto, imagino o quanto esse peitinho ficou bom :)

Já tinha saudades das tuas refeições deliciosas!
A tua sugestão está mesmo apetitosa.

Beijinho.

Vânia, uma excelente sugestão. A minha filha adora magret de pato, vou fazer a tua receita muito em breve, para aproveitar os pessegos que ainda há.
Um beijinho e bom fim de semana

Que boa sugestão Vânia! Adoro magret, já experimentei com framboesa. Mas esta combinação sabe que nem ginjas :)
Um beijinho.

Que belo prato para receber amigos.
Babette

ça a l'air délicieux j'adore le salé/sucré
bonne soirée

Eu adoro magret de pato... mas nunca me atrevi a fazê-lo pois acho que é daquelas coisas que se passarmos o ponto estragamos o prato. E esta tua versão com pêssegos é genial :D

Pato e esse molho de pêssego. Não podia ser melhor. Gostei muito desta tua sugestão Vânia.

Beijinhos:)

hmmm que maravilha, Vânia.. a esta hora eu já provava! bonitas imagens, beijos

estas receitas...
esta então está com um aspecto super apetitoso
Bjs

Que bom aspecto! Uma óptima sugestão para variar dos frutos vermelhos, mais comuns a acompanhar o magret...
Bjs
Teresa

Sem dúvida uma excelente sugestão...
Perfeita... para momentos especiais...
Obrigado por partilhares...
Beijinhos e boa semana....

Sónia, depois de um problema técnico com o meu blog regressei. E com algumas novidades :)

o novo endereço é www.baunilhaemflor.com

As tuas receitas estão cada vez mais requintadas..parabéns!

Enviar um comentário

Obrigada por comentarem! Espero que testem e que aprovem! Beijinhos e bons conzinhados!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More