quarta-feira, 3 de Outubro de 2012

Aura - Lisboa Restaurant Week

O restaurante Aura fica integrado no Pátio da Galé, situado no Terreiro do Paço, um espaço nobre da cidade. Foi inaugurado em Fevereiro de 2011, e oferece uma ementa de cozinha portuguesa contemporânea, com assinatura do chef Duarte Mathias e do produtor gastronómico Fabrice Marescaux.
A ementa é inspirada no que de mais se aprecia na gastronomia portuguesa, preparada com astúcia e requinte, contemporanealizando os paladares portugueses a um nível excepcional.


A decoração do Aura, prende-se em linhas românticas modernas, com muita luz e de cores sóbrias - a declarar um nível de clientes com bom gosto e sobriedade. Composto por sala de jantar e lounge, este espaço, no coração de Lisboa, é um ponto de encontro da cidade de Lisboa, quer para um jantar formal ou um cocktail partilhado entre amigos.


 
A refeição iniciou-se com um pequeno couvert acompanhado por pães à escolha do cliente (opções como pães de sementes - de sésamo ou de papoila) - muito sugestivas, com óptimo aspecto. 

Feita a escolha do menú disponível para a Restaurant Week foi-nos aconselhado o vinho mais indicado para a refeição por parte do escanção do restaurante - Montaria Tinto 2011, um vinho leve, de paladar aberto, com os aromas típicos dos vinhos alentejanos - perfeito!





De entre as entradas disponíveis, optei pelo Carpaccio de Novilho com Flor de Sal e Tosta de Queijo de Cabra Gratinado - sabores bem conjugados, de óptima qualidade e bem temperados. Uma excelente opção para iniciar a refeição que se pretendia despretensiosa. O E., grande fã de queijo, optou pelo Crocante de 3 Queijos com Melaço e Nozes - extremamente agradável, de sabores doces bem conjugados com os aromas dos queijos - uma magnífica entrada a ligar com o vinho em perfeição.




Para os pratos principais havia um variado leque de opções disponíveis, mas optámos pela lado da carne, talvez por parecer um lado mais sugestivo. 
A escolha prendeu-se entre as Bochechas de Porco Preto em Vinho Tinto com Migas de Espargos Selvagens e a Empada Folhada de Pato e Bouquet de Alfaces. Ambos os pratos bem confeccionados, com grande destaque para as Bochechas de Porco, de uma tenrura inacreditável, com um aroma extraordinário, e para as Migas, muitíssimo bem confeccionadas e muitíssimo saborosas.
A Empada Folhada estava, também ela, muito bem confeccionada e temperada, acompanhada pelo bouquet de alfaces. A apontar apenas a dose, um pouco exagerada, e a monotonia que tanta quantidade cria com o mesmo paladar. Excepcionando este pequeno pormenor, mostrou-se uma excelente escolha.



As sobremesas foram o alto e o baixo da refeição. O Crostinni de Maçã com Compota de Frutos Vermelhos, talvez a necessitar de mais aromas a envolver a maçã e os frutos secos, que pareciam algo dietéticos, e a necessitar de alguma revisão na conjugação com os frutos vermelhos. Não é nenhum pecado ao menú, e talvez tenha sido uma sobremesa ideal para quem quis suavizar os sabores fortes da refeição - para mim mostrou-se um baixo final para tão saborosa refeição.
Para contrapôr, o Macarron com Creme de Chocolate, Caramelo e Amêndoas Torradas estava perfeito! A crosta sólida, o interior cremoso e arejado, o creme a ligar na perfeição com o macarron, os frutos vermelhos a cortar os sabores doces - simplesmente divino!

No geral, o Aura é um magnífico restaurante, com a carta a transparecer momentos de refeições fabulosas, para degustar nas calmas, em refeições pausadas pelo convívio e harmonizadas com bons vinhos.

Esta refeição foi patrocinada pelo Sabor do Ano que amavelmente convidou o Sabores da Alma a conhecer este espaço e a sua gastronomia - um espaço a visitar brevemente fora da Restaurant Week, para conhecer ao pormenor a sua carta.





3 apreciações:

Enviar um comentário

Obrigada por comentarem! Espero que testem e que aprovem! Beijinhos e bons conzinhados!

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More