Pastel de Nata

sexta-feira, março 30, 2012

Pastéis de Nata são, no geral, uma perdição para muitos de nós... Com a sua massa super estaladiça e um recheio muito cremoso, fazem-nos ter pequenos momentos de prazer enquanto os trincamos...




Ingredientes:
(massa)
  • 500g de farinha T55
  • 240g de água
  • 20g de manteiga
  • 3g de sal
(mistura de manteiga)

  • 240g de manteiga
  • 240 de margarina
  • 120g de banha
(calda para pastel de nata)

  • 275ml de água
  • 550g de açúcar
  • 1 pau de canela
  • casca de laranja
  • casca de limão
(creme do pastel de nata)

  • 330ml de calda
  • 1l de leite
  • 73g de farinha T55
  • 73g de amido de milho
  • 12 gemas



Preparação:

Comece por preparar a mistura das manteigas, misturando-as todas para obter um creme suave, que possa ser barrado.
Para a massa, amasse a farinha, com a água, a manteiga e o sal, até ligar todos os ingredientes. Leve ao frio por 30 minutos para descansar.
Estique a massa num rectângulo, com uma espessura de cerca de 0,5cm. Aplique um terço da mistura das manteigas numa área de 2/3 do rectângulo. Dobre o terço sem manteiga por cima do terço central e o terço com manteiga por cima dos restantes.
Volte a esticar e repita o processo da dosagem de manteiga e das voltas.
Volte a esticar a massa num rectângulo e espalhe o último terço da mistura das manteigas em toda a área da massa. Comece a enrolar a massa em caracol numa ponta, seguindo até à ponta oposta. Obterá um rolo de massa folhada. Leve ao frio por 30 minutos.
Corte rodelas da massa com cerca de 1,5cm de espessura. Coloque cada rodela numa forma de pastel (não precisa de ser untada). Com o dedo polegar molhado em água comece por esticar a massa do centro para os rebordos, tendo o cuidado de esticar bem a massa que se acumula dos rebordos do fundo. Repita até acabar a massa.

Entretanto prepare a calda. Leve ao lume todos os ingredientes até ferver por 5 minutos. Retire do lume e deixe arrefecer.

Para o creme, dissolva as farinhas num pouco de leite e junte-lhes as gemas envolvendo bem. Leve o restante leite ao lume a ferver. Junte o leite às gemas e envolva. Por fim adicione a calda.

Coloque o recheio nas formas com a massa e leve ao forno a 250ºC até a massa folhar e o recheio tostar por cima.


You Might Also Like

43 apreciações

  1. Hum, que maravilha... Confesso que ainda não consegui acertar com uma receita que me saísse bem. Vou experimentar a sua.

    ResponderEliminar
  2. E quem não gosta de um bom pastel de nata? :))

    ResponderEliminar
  3. São uma perdição sim e é preciso paciência para os fazer!
    As fotos estão excelentes, adoro o contraste claro-escuro, um beijinho :)*

    ResponderEliminar
  4. Vânia, é desta! Ando há séculos à procura de uma receita de pastéis de nata que me encha as medidas, e parece-me que é mesmo esta! Adoro os pastéis de Belém, os verdadeiros, quentinhos, polvilhados com açúcar e canela, e acho mesmo que vou aproveitar as férias da Páscoa para experimentar esta pequena maravilha! Parabéns pelo maravilhoso blog e obrigada por mais esta receita.

    ResponderEliminar
  5. Uma pergunta: Será que dá para congelar estas pequenas delícias antes de irem ao forno, para assar quando der uma vontade irresistível de comer um pastel de nata quentinho?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Helena, sim podes congelar... Eu congelei metade da dose... Rendem cerca de 25 pastéis de nata... :) Depois é só pores no forno a cerca de 200ºC até a massa folhar e aumentar para 250ºC para tostar o creme! :)

      Beijinho*

      Eliminar
    2. Você congelou o padtel cru (massa e recheio) ou pré assado?

      Eliminar
  6. Que lindas natinhas! Mas ainda não me sinto capaz de tal façanha. Fico-me pela degustação com um pouco de canela :)

    ResponderEliminar
  7. Mais uma tentação, eu cá sou das que adora pasteis de nata por isso podes descongelar um que eu já ai vou? margem sul certo? LOL

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim sim minha querida! :) Estás à vontade para aparecer! :) *

      Eliminar
  8. Vânia,
    Estão fantásticos! O creme é parecido com o que também costumo fazer. Mas eu normalmente uso massa folhada de compra.... ;)
    Beijinhos
    Sofia

    ResponderEliminar
  9. que perfeitos!!!! estão fantásticos!

    ResponderEliminar
  10. Tenho muito vontade de experimentar fazer, mas confesso que me sinto intimidade quando vejo a lista de ingredientes e todas as voltas que tem que dar! Lindo...lindos, até aprece que lhes sinto o cheirinho!

    ResponderEliminar
  11. ADORO, ADORO e ADORO!!! Entre os doces, são a minha maior perdição. Estes estão maravilhosos, com um aspecto completamente irresistível=) Ai se pudessem passar pra este lado do ecrã!!!
    Beijinhos querida**

    ResponderEliminar
  12. Vânia, eu adoro pasteis de nata, a semana passada fiz uma tarte, porque sou preguiçosa e nunca faço individuais.
    Estão lindos, e pela receita devem ser deliciosos
    Ums beijinho e uma Páscoa feliz

    ResponderEliminar
  13. Oh Vãnia que lindos que ficaram. Estão com um ar tão delicioso que quase lhes sinto o cheirinho delicioso e até me imagino a comer um acabadinho de sair do forno com açucar e canela :)
    Um bjo muito doce e um excelente fim de semana:*

    ResponderEliminar
  14. Vânia, que lindos pastéis de nata! Dão bastante trabalho, fazendo a massa folhada, mas são tão bons... Vou guardar a tua receita para quando me sentir com coragem de experimentar. :) Beijinho

    ResponderEliminar
  15. Estão lindos os teus pastéis de nata, cada dentada é um pequeno prazer que podemos desfrutar e já comia um :P beijinhos e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  16. A tua descrição basicamente disse tudo sobre estas pequenas maravilhas. Os teus ficaram...digamos que SUBLIMES!! Nem em pastelarias vejo algo tão perfeito como esses ficaram. Parabéns! Tens mesmo que abrir uma pastelaria...seria um sucesso! :)

    ResponderEliminar
  17. Deliciosos, mas compliacdos de se fazerem... aventurei-me uma vez...

    Bjs

    As Papinhas dos Babinhos

    ResponderEliminar
  18. Muito bons os teus pasteis de Nata (e as fotos também ;)

    ResponderEliminar
  19. Vânia, ficaram lindos. Também faço sempre tuuuudinho caseiro, deve ser por isso que tão raramente.
    Acho que os próximos vão ser feitos assim, o meu recheio é parecido, mas não costumo fazer calda, vou experimentar. Achei muita massa, não te sobrou?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Susaninha, sobrou um pouquinho, que parti em rodelas e congelei. Para a próxima é so deixar descongelar e fazer, talvez, um terço da receita do recheio, aproximadamente...
      Beijinho*

      Eliminar
  20. Dá vontade de dar uma tringa num desses bolos
    :P

    ResponderEliminar
  21. ADORO E OS TEUS FICARAM PERFEITOS.
    BJS

    ResponderEliminar
  22. Lindos. Rivalizam com os de Belém (que por acaso só acho bons enquanto estão quentes. Depois de arrefecidos, há pastéis de nata melhores...) Imagino que seja o caso dos teus :)
    Um beijinho
    Teresa

    ResponderEliminar
  23. Não vou comentar, só vou babar mesmmo !!!

    abraço

    Daniel Deywes
    http://feitonahora.blogspot.com

    ResponderEliminar
  24. oláa, têm optimo aspecto os teus pasteis de nata...já fiz uma vez, mas não me sairam nada bem, pareciam queijadinhas de leite, o sabor nem fazia lembrar um pastel de nata. acho k vou tentar de novo com a tua receita, que me parece perfeita!!beijos

    ResponderEliminar
  25. Olá Vânia.

    Sim experimentei e gostei muito da receita. Aliás de todas as que experimentei foi a única que me convenceu.bjs

    ResponderEliminar
  26. Bom dia Vânia! Chamo-me Ekaterina e vim cá para lhe agradecer por essa ótima receita de pastéis de nata! Adorei desde a primeira mordida, adorei o processo da preparação! E sei que vou repitir muitas vezes a receita! :)
    Publiquei a receita no meu blog também e espero que você goste! Está aquí: http://verdadedesabor.blogspot.ru/2012/11/pasteis-de-nata.html :)
    Mais uma vez, muitíssimo obrigada! :)
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  27. Os meus não ficaram nada de jeito... não sei onde falhei :(

    ResponderEliminar
  28. Carla,

    Como é que ficaram? O que é que não ficou bem? A massa, o recheio?
    Obrigada.

    ResponderEliminar
  29. Olá olá!!
    Têm um aspeto delicioso ;)
    Só uma dúvida, normalmente a massa folhada entre as aplicações d manteiga vai ao frio esta n vai? É só colocar manteiga, dobrar, esticar e colocar logo a manteiga de novo?
    Obrigada
    Maria

    ResponderEliminar
  30. Olá Maria,

    Eu fiz a massa num dia frio, por isso não precisei de a levar ao frio entre dobragens... Se achar que está a ficar muito mole, sim, o melhor é levar ao frigorifico para repousar. Beijinho e obrigada.

    ResponderEliminar
  31. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  32. Rose,deixou-os algum tempo à espera antes de irem ao forno? É a única razão que vejo para terem feito depósito no fundo!
    Beijinho

    ResponderEliminar
  33. Olá Vânia!
    Tenho uma dúvida em relação à manteiga.
    Normalmente uso margarina vaqueiro para fazer os bolos.
    Vejo aqui, que usas também manteiga + Margarina e realmente em muitas receitas falam em manteiga em vez de margarina.
    Qual a manteiga que recomendas para os bolos e afins?
    Obrigado
    Alberto Sousa

    ResponderEliminar
  34. Olá Alberto,

    Manteiga sem sal é o ideal :)
    Obrigada.

    ResponderEliminar

Obrigada por comentarem! Espero que testem e que aprovem! Beijinhos e bons conzinhados!